Tendências da Transformação Digital em 2019

Confira as 10 razões pelas quais a adoção de Analytics permanece em 30% e como isso mudará este ano

Tendências da transformação digital em 2019

Segundo a Gartner, com a adoção de BI e analytics organizacional mantendo-se em cerca de 30% de todos os funcionários, a difusão da inteligência de negócios continua sendo algo elusivo. Uma pesquisa da Harvard Business Review Analytic Services (HBR AS), com mais de 700 líderes empresariais, confirmou recentemente um percentual semelhante (27%).

Com dados e analytics sendo fundamentais para impulsionar novos modelos de negócios, melhores experiências do cliente e transformação digital geral, por que a maioria dos funcionários não utiliza data analytics em seu próprio benefício?

A pesquisa HBR AS, mencionada acima, relata que as barreiras organizacionais mais significativas para adoção maior de big data analytics nas empresas são:

  • Silos organizacionais
  • Processos legados
  • Falta de habilidades digitais ou de analytics de dados
  • Resistência a mudanças
  • Estrutura organizacional atual que impede esforços de transformação

Já com relação à tecnologia, os maiores obstáculos citados são:

  • Sistemas e infraestrutura de software/hardware legados
  • Falta de uma plataforma ou sistema centralizado para capturar e analisar dados
  • Silos de dados
  • Problemas de consistência de dados
  • Os sistemas/soluções atuais são muito complexos/não são fáceis de utilizar

Para que o analytics seja usado de forma mais ampla e frequente em toda a organização, é evidente que as empresas precisam facilitar esse processo. No Global State of Enterprise Analytics Report da MicroStrategy, profissionais de negócios disseram que os três principais tópicos que ajudariam são:

  • Analytics já incorporadas a aplicativos de negócios populares (por exemplo, e-mail e Salesforce)
  • Telas no escritório com visualização de analytics
  • Distribuição personalizada de analytics para qualquer dispositivo

A Hora de Capacitar os Funcionários é Agora

Como vimos nas principais notícias de negócios deste ano, nem mesmo as marcas mais antigas ou mais conhecidas estão protegidas contra a disrupção digital – e as organizações data drivenorientadas por dados estão começando a mostrar uma vantagem evidente quando se trata de sobrevivência.

De acordo com o McKinsey Global Institute, as organizações orientadas por dados têm 23 vezes mais chances de adquirir clientes, seis vezes mais chances de retê-los e 19 vezes mais chances de serem lucrativas. A Forrester também apresenta uma estatística igualmente impressionante: empresas orientadas por insights crescem em média mais de 30% a cada ano e, até 2020, receberão anualmente US$ 1,8 trilhão de empresas do mesmo grupo menos informadas.

De acordo com o Data Science and Analytics: The Case for Action da BHEF e PwC America, em 2020, 59% dos empregadores dizem que habilidades de ciência de dados e analytics serão indispensáveis para todos os gerentes financeiros e contábeis; 51% dizem que serão requisito para todos os gerentes de marketing e vendas; 49% dizem que se exigirão de todos os líderes executivos; e 48% dizem que serão requeridas de todos os gerentes de operações.

Estamos quase em 2020, não há tempo a perder.

Pronto para aumentar o uso de dados e analytics na sua organização em 2019? Junte-se a nós enquanto revelamos o HyperIntelligence, o maior avanço em analytics empresarial desde o MicroStrategy Mobile. Saiba mais!

Quer ter acesso a um panorama completo do mercado de Analytics e BI

Tricia Morris é diretora de marketing de conteúdo e mídia social da MicroStrategy. Tricia conta com 20 anos de experiência em marketing e publishing, com foco em marketing de produtos, marketing de conteúdo e relações com analistas. Antes de entrar para a MicroStrategy em 2017, Tricia trabalhou como gerente sênior de marketing de produtos da Microsoft. Com foco anterior na experiência do cliente e apaixonada por pesquisa e redação, Tricia foi reconhecida como líder de ideias para atendimento ao cliente do Top 50 Customer Service Institute, entre os 20 melhores blogues de experiência do cliente que Você deve Acompanhar e os 20 influenciadores de atendimento ao cliente que Você deve Seguir. Ela agora traz a mesma paixão pela pesquisa e pela escrita para o espaço de business intelligence da MicroStrategy. Tricia é aluna da West Virginia University e é Bacharel em Jornalismo de Notícias-Editorial.