Democratização da informação dá liberdade ao usuário

Democratização da informação dá liberdade ao usuário

O conhecimento é o combustível da nova economia. Conheça algumas tendências que estão auxiliando a visualização de informações e a análise de dados nas empresas.

Cada vez mais o mercado entende a importância de adotar tecnologias de Data Discovery BI para aprimorar a análise dos dados gerados nas empresas. Em muitas organizações, o uso de ferramentas para interpretação de dados ainda é restrito a poucos profissionais — apenas 21% dos colaboradores tem tirado proveito de seus benefícios. Porém, esse cenário está mudando. Segundo o Gartner, até 2020 as plataformas de self-service BI estarão presentes em 80% dos relatórios das companhias, garantindo assim, a democratização da informação.

Democratização da informação dá liberdade ao usuário
Com plataforma de analytics é possível que todos dentro da companhia possam interpretar dados para tomar decisões mais acertadas

 

Mais informações sobre Democratização da Informação

As organizações sabem que o conhecimento é o combustível da nova economia, mas a maioria delas ainda disponibiliza ferramentas de análise dos dados apenas para os usuários mais experientes, conhecidos como Power Users, ao invés de permitir que todos dentro da companhia façam análise e interpretação de dados.

Esse modelo restritivo já não funciona mais. O cenário mudou e a democratização da informação é mais do que mandatória. Os profissionais de todos os departamentos de precisam acessar dados corporativos, de redes sociais, do Big Data, de suas próprias planilhas e de uma imensa variedade de fontes. Essa visibilidade é fundamental para que eles possam entender o que está por trás do enorme volume de dados, que isoladamente não faz sentido, mas por meio de alguns cruzamentos, análise e interpretações, tornam-se informação. São elas que possibilitam tomadas de decisões inteligentes e levam a ações que impactem, de fato, em sua atividade, geram valor aos processos e melhoram o desempenho do negócio.

Democratização da Informação: Mais autonomia com data discovery BI

Atualmente, um dos principais desafios para a democratização da informação nas organizações é a falta de liberdade do usuário, que precisa, na maior parte dos casos, do apoio de um especialista de TI para gerar relatórios personalizados na ferramenta de BI. Esse processo impacta na agilidade necessária à área de negócios para fazer uma análise exploratória dos dados e, com base nela, corrigir rotas e definir inovações. Por isso, ao decidir investir em uma tecnologia de data discovery BI, deve-se buscar uma ferramenta que garanta independência aos colaboradores para que eles possam obter informações com agilidade — quando, como e onde quiserem.

Para viabilizar essa autonomia, é necessário adotar uma plataforma com interface simples e intuitiva, garantindo o entendimento e o uso da ferramenta de análise dos dados por qualquer profissional, independentemente do departamento em que ele atua, bem como conferindo inteligência à gestão. Além disso, as tecnologias mais recentes permitem que o usuário faça análise e interpretação de dados no seu próprio smartphone ou tablet, agilizando ainda mais o processo de tomada de decisões, que deixa de ser restrito ao ambiente da empresa.

Adotando uma plataforma de self-service BI

Além de adotar uma ferramenta de análise dos dados adequada, inovadora e fácil de usar, assegurando autonomia e flexibilidade aos usuários, para estabelecer uma cultura ágil baseada em dados, as empresas também precisam garantir a segurança das informações e a governança corporativa. Esse equilíbrio é conquistado com a adoção de uma plataforma de self-service BI robusta, que conta não só com modelos integrados, visualizações atraentes e painéis de controle interativos, mas também com políticas de controle de acesso, com base em cargos e funções, e recursos de privacidade.

Só assim, as empresas conseguirão promover a democratização da informação, permitindo que seus colaboradores respondam perguntas por conta própria com base no cruzamento, análise e interpretação de dados, e, ao mesmo tempo, garantir uma redução no tempo gasto nesse processo e aumento da segurança e conformidade com a governança corporativa.

Democratização da informação dá liberdade ao usuário

Mas, a ferramenta de nada adianta se não for acompanhada de visão, uma compreensão mais ampla do que realmente se quer obter. Ferramentas por si só, sem conhecimento e sem visão abrangente, não realizam milagres. Elas disponibilizam e simplificam a visualização das informações para que todos os colaboradores tenham um panorama completo de visão e possam enxergar com clareza o próximo passo, tomando decisões mais inteligentes.


Democratização da informação dá liberdade ao usuário